Flor de Manjericão

Nada mais, nada menos do que a PANC (Planta Alimentícia Não Convencional) que você respeita! Sim, a flor de manjericão é quase milagrosa (a quem eu quero enganar? Ela é milagrosa sim). Para começar humildemente, ela trata a depressão – mal do século? Atua no campo vibracional relacionado às pessoas que sofrem com tristeza sem razão aparente, dor e angústia no peito pro problemas que muitas vezes não conseguimos nem ao menos identificar. Além disso, é indicado para pessoas com dificuldades de pegar no sono (aquela insônia que ataca no meio da noite, madrugada…). Dizem os antigos que, nesses casos, colocar três raminhos com flor de manjericão no copo com água ao lado da cama, auxilia bastante nesse processo. No campo nutricional, assim como a folha, a flor é fonte de cálcio, vitamina A e C, potássio e manganês.

A flor de manjericão era usada no Egito antigo, bem como na Idade Média, para tratar picadas de cobras, escorpiões e animais rastejantes. O líquido retirado das folhas era muito usado para tratar infecções na pele causada por fungos. Muitos acreditavam que era uma erva que retirava o mal do corpo. Inclusive, alguns tratamentos utilizados por curandeiras na Idade Média envolviam o pão com o suco do manjericão, já que acreditava-se, na época, que seriam sugados os fungos e demais infecções. Isso gerou ao manjericão o apelido de “planta que não adoece”. Bastava plantar um manjericão ao lado de outra muda que a segunda não era acometida por fungos de plantas. Parece que o manjericão espanta mesmo os fungos e as doenças – e até as moscas na cozinha. Foi daí que surgiu a Bruscheta de tomate e manjericão, já que os tomates eram plantados ao lado dos pés de manjericão e na retirada da colheita, surgiu essa linda combinação.

Aliás, no Sul da Itália até hoje é conservada a tradição dos antigos romanos, na qual um homem ao oferecer um vaso de manjericão a uma mulher equivale a pedi-la em casamento, já que a folha tem o formato de um coração – símbolo do amor entre os apaixonados!

No sistema Gotas do Infinictho, a flor de manjericão foi batizada com o nome “confiança“. Direcionada a organizar o que está fora do lugar. Nos dá coragem de olhar nosso interior e é excelente para tratar a tristeza, indicado para pessoas que vivem no passado. Traz segurança e auto-confiança. Abre a mente para o novo, dá o senso de direção. Elimina traumas (asfixia e claustrofobia) e proporciona um sono tranquilo.


Tenho utilizado a flor de manjericão em pães (que acredito que tenham a função de curar). Durante um mês envio à minha avó, que tem 83 anos e perdeu o companheiro (foram casados por 60 anos). Ela andava um pouco triste e saudosa, com a sensação de desconforto no peito. Então enviava semanalmente à ela os pães, acrescidos da essência floral confiança, do sistema Gotas do Infinictho. São pães de centeio, italianos, extremamente gostosos e ancestrais, feitos com levain (pasta madre). Caso alguém possua interesse, só deixar nos comentários o pedido, que publico a receitinha.


Obtive ótimos resultados, senti minha avó mais desperta, direcionada ao presente. Percebi também que ela parecia ter se contentado com o momento, ganhou mais confiança. Além disso, ela me relatou que o sono dela melhorou. Ponto para a flor de manjericão!

Comente!