Flores podem ser usadas no preparo de comidas – Canal Personare

Matéria linda publicada no Canal Personare sobre a Gastronomia Floral. Para ler a publicação na íntegra, clique aqui!

CONHEÇA A GASTRONOMIA FLORAL, QUE OFERECE CURA E SABOR NA CULINÁRIA

Imagem: Toa Heftiba (@heftiba), via Unsplash/Personare

As flores têm o poder de tratar doenças psicológicas e auxiliar no desenvolvimento humano. A flor do manjericão, por exemplo, é indicada para tratamento auxiliar de depressão, já que atua no campo esférico do cérebro relacionado aos hormônios da felicidade. Já outras flores como a lavanda e camomila são tranquilizadoras, indicadas para quem tem picos de ansiedade.

Até então, as propriedades de cura das flores eram associadas unicamente ao sistema floral – diversos sistemas as utilizavam, como Bach, mineiro, Gotas do Infinictho. No entanto, não somente sua essência é importante, como a própria presença da flor na gastronomia – sempre atrelada à enfeite de pratos. Acredito ser importante despolarizar seu uso e inseri-las também dentro das receitas culinárias. Dessa bela união, entre cozinha e nutrição, essências florais e flores surgiu a Gastronomia Floral.

+ Florais podem ser usados na comida

FLORES PODEM DAR MAIS SABOR, COR E SAÚDE AOS PRATOS

Muitas pessoas sequer sabem que existem tipos de flores comestíveis, pois o assunto ainda é pouco divulgado. Existe um subaproveitamento das flores apenas na decoração de pratos. Mas as flores podem dar sabor, cor, vitaminas às preparações e não somente enfeitar. É preciso apostar no uso das flores também inseridas em receitas de tortas, bolos, pães, massas…as flores podem dar sabor, cor, vitaminas às preparações e não somente enfeitar. É preciso apostar no uso das flores também inseridas em receitas de tortas, bolos, pães, massas…

Esse encontro da natureza com a alimentação é ancestral. Na antiguidade, mulheres celtas cozinhavam com flores e as utilizavam em tratamentos de saúde. Na Idade Média, algumas flores, como a calêndula, eram utilizadas como corantes em caldos, manteigas e em bolos. A tulipa, símbolo dos holandeses, foi usada como alimento durante a II Guerra Mundial. Essa reconexão é cada dia mais necessária na nossa atualidade.

ATENÇÃO: NEM TODAS AS FLORES SÃO COMESTÍVEIS

No entanto, alguns cuidados são necessários. Não são todas as flores que podem ser utilizadas na gastronomia, sendo algumas, inclusive, tóxicas à saúde, como a glicínia, íris, bico-de-papagaio e azaleias, por exemplo. Além disso, as flores devem ser orgânicas e, se forem plantadas no quintal, observar a plantação para que as plantas não sejam expostas à poluição, sujeira e demais meios nocivos de contaminação, já que elas serão ingeridas. Importante também lavar bem para retirar a terra, depois de colhê-las.

Descubra o significado das flores

É IMPORTANTE SABER COMBINAR AS FLORES NA CULINÁRIA

Outro ponto importante é sempre adaptar a correspondência das flores, ervas e essências florais utilizadas, para que elas casem em nuances psicológicas. Pode ser prejudicial utilizar uma flor que acalma com uma flor que gera excesso de desenvolvimento, por exemplo.

EFEITOS TERAPÊUTICOS DE ALGUMAS FLORES

Flor de Cunhã – Ideal para lidar com a ansiedade excessiva e o excesso de preocupações.

+ Aprenda a fazer uma coloração natural com a flor de cunhã

Flor de Manjericão – Auxílio ao sono. Também é anti-inflamatória e auxilia no combate à depressão.

+ Aprenda quais são as outras propriedades da flor de manjericão

+ Veja uma receita de risoto de cogumelo com flor de manjericão

Flor de Limão – Adoça a vida. Ideal para pessoas excessivamente críticas e negativas.

+ Aprenda receita de uma torta de limão com flores, que não vai ao forno ou fogo

Flor Tagete – É muito usada para curar traumas, mágoas e choques emocionais. Além disso, dá muita força ao sistema imunológico.
+ Aprenda uma receita de salada fria de grão-de-bico com flor tagete

Flor de Capuchinha – antibiótico contra as dores da alma.

+ Aprenda uma receita de risoto de camarão e flor de capuchinha

Com essas orientações, é legal ousar e criar, sabendo que a sua alimentação pode lhe ajudar a tratar inseguranças e anseios holísticos. Coloque a intuição e a criatividade em ação e use a culinária a seu favor. Para começar, indico uma receita fácil e simples, em associação ao poder das flores:

RECEITA DE BARQUINHO COM FLOR DE ESPINAFRE AFRICANO

A flor de espinafre americano é uma excelente fonte de cálcio (2.692 mg/100g) e iodo (48 mg/100g). Indicada no combate ao excesso de preocupações e ansiedade. Favorece o relaxamento e o sono profundo. Limpa o lixo mental quando estamos transbordando. Dá-nos proteção divina. Ajuda a superar momentos de dificuldades e limitações, com calma e serenidade, sem confrontos. Saber viver e amar. Trabalha a criança interna, traz alegria. Afasta os medos e traz confiança.

INGREDIENTES:

  • 200 ml de queijo cottage sem lactose ou queijo vegano
  • Endívias ou alface tipo americano para fazer os barquinhos
  • 200 ml de cogumelo shitake cozinhados
  • 50 ml de uvas passas brancas
  • 2 e 3 ramos de flores de espinafre africano despetaladas
  • Azeite a gosto
  • Ervas de provance
  • Sal e pimenta a gosto
  • 11 gotas de essência floral Gotas do Infinictho – Preocupação (fórmula) ou Serenidade (essência floral individual)

MODO DE FAZER

Misture o queijo, o shitake e as uvas passas com o azeite em uma tigela, com um garfo. Se desejar que fique mais incorporado, utilize o processador. Ajuste o sal, a pimenta e as ervas de Provance. Por fim, acrescente as pétalas de flor de espinafre africano e a essência floral. Acrescente nas canoas de alface tipo americano ou endívias e sirva com uma flor de espinafre africano para decorar também.

Comente!