PÃO POR DEUS – TRADIÇÃO POPULAR PORTUGUESA 🍞❤️

Em Portugal, quando passava um período por lá, durante visitas aos meus familiares, via que existe uma tradição chamada Pão por Deus, que era sempre celebrada no dia 1 de novembro, dia de todos os santos.

Fonte: A Senhora do Monte

Logo de manhã, as crianças saiam nas ruas e praças pedindo os pães por Deus e as pessoas ofereciam os pães em memória dos entes que já se foram, dos seus antepassados. Alguns, que não podiam ofertar pães, ofereciam frutos ou oleaginosas, até mesmo bolos. Se fosse hoje, eu certamente ofertaria flores comestíveis, sem querer desvirtuar a tradição…

As crianças levavam saquinhos, que geralmente eram feitos pelo núcleo familiar.

Fonte: Portugal num Mapa.

 

São vários os versos para pedir o Pão por Deus:

Ó tia, dá Pão-por-Deus? Se o não tem Dê-lho Deus!.

Ou então:

Pão por Deus, Fiel de Deus, Bolinho no saco, Andai com Deus.

Ou ainda:

Bolinhos e bolinhos, Para mim e para vós, para dar aos finados, que estão mortos e enterrados. À Bela, bela cruz. Truz, truz! A senhora que está lá dentro, sentada num banquinho, faz favor de se levantar, para vir dar um tostãozinho! 

Fonte: Senhora do Monte.

Após receberem os pães ou oferendas, as crianças cantavam algumas canções em agradecimento:

“Esta casa cheira a brôa, aqui mora gente boa! Esta casa cheira a vinho, aqui mora um santinho!”

Existe também a tradição do Pão por Deus que veio dos Açoires, onde era feito um bilhete em formato de coração rendilhado, que era enviado para pessoas queridas, com escritas em formato de trovas. Outra possibilidade eram pedidos ou mensagens de estímulo.

Acredito que é interessante o exercício do Pão por Deus pedindo algo para a nossa vida, inclusive porque a própria vida sabe do que precisamos. O pedido é uma permissão para que aquela realidade se aproxime. O universo certamente irá responder, mas para recebermos precisamos também doar. Uma boa forma de receber aquilo que queremos é justamente doando. Por exemplo: se você quer carinho, deve dar carinho em forma de cuidado com as pessoas, um telefonema… Para receber afeto, dê afeto. <3

Com o tempo, e principalmente após a presença forte das festas de Halloween em Portugal, a memória do Pão por Deus foi desaparecendo, mas é uma tradição tão linda, não deveria acabar. As oferendas aos mortes eram comuns nas culturas pagãs, incluindo as celtas que habitavam muitas áreas em Portugal. Acredito que aos poucos essas cerimônias como o Pão por Deus foi aos pouquinhos tomando formatos cristãos e desaparecendo em sua essência.

Curiosidade:

O ano de 1755 foi um dos mais terríveis em Portugal, pois no dia de todos os santos, 1 de novembro, Lisboa sofreu um grande terremoto, talvez a maior catástrofe da cidade. Portugal inteiro foi afetado. Contam que os salvos do grande terremoto pediam o Pão por Deus, como forma de matar a fome e sobreviver. Relatos contam que nos anos seguintes nesse mesmo dia se aumentou o costume do Pão por Deus como forma de celebração e agradecimento da superação dessa adversidade tão grave. Dizem, inclusive, que a tradição é mais forte em Lisboa, justamente por isso.

Por fim, encontrei esse vídeo do canal Mais Você, contando um pouquinho da tradição do Pão por Deus. Vale a pena assistir!

Fontes de pesquisa: Portugal num MapaPumpkim Portugal, Famílias Felizes. A Senhora do MonteOf Portugal.

Comente!